“Ter seguidores é bom, mas não adianta sem uma vida no altar”, diz criador do Gospelmente

Gesson Nunes falou sobre a nova fase da página Gospelmente e suas responsabilidades em entrevista ao Guiame.

Se antes a página Gospelmente era conhecida pelos memes, agora seu público conhece o rosto por trás das tiradas de humor. Gesson Nunes tem interagido com seus seguidores não só para render boas risadas, mas também para levar uma mensagem de fé. 

Alguns dos mais de 3 milhões de seguidores, espalhados pelo Instagram, Facebook e Twitter, procuram Gesson para uma conversa mais profunda. Em entrevista ao Guiame na ExpoEvangélica, ele disse que encara isso como uma grande responsabilidade.

“Às vezes eu fico acordado de madrugada respondendo às mensagens. Um dia desses recebi uma mensagem que mexeu muito comigo, em que a pessoa falou: ‘Você tem 15 minutos para me convencer a não tirar a minha vida’. Se eu não tiver com a vida no altar, eu não vou ter preparo para isso. Mas Deus tem dado muita sabedoria e nos enchido de graça para prosseguir”, disse Gesson.

“É uma responsabilidade muito grande. Uma hora eu estou alegrando as pessoas com memes, outra hora eu tenho que trazer uma palavra”, acrescentou.

O Gospelmente tem se expandido para muito além do Ceará, onde Gesson mora, e se tornou mais do que uma página de memes. Hoje ele marca presença em igrejas e eventos cristãos por todo o país.

“Para mim tem sido a realização de sonhos e promessas de Deus. Quando Deus me dizia que ia me levar para vários lugares, eu imaginava que era cantando, pregando. Mas Deus usou desta maneira”, disse Gesson. “Isso não é nada além de uma prova de que Deus cuida da gente”.

Para Gesson, no entanto, sua caminhada com Deus é mais valiosa do que as conquistas profissionais. “Eu sempre gosto de andar segundo a direção de Deus. Eu sempre oro: ‘Deus, o Gospelmente é Teu. Se o Senhor colocou essa ferramenta nas minhas mãos, faz o que Você quiser. Se for para tirar de mim, tire, mas eu não quero perder a minha comunhão contigo’”, relatou.

“Eu sei que ter seguidores é muito bom, ter uma certa influência é muito bom também, mas de nada adianta se eu não tiver uma vida no altar. Eu sempre prezo por isso, faço questão de estar congregando. As pessoas talvez não saibam que eu estou na igreja, que eu tenho uma vida com Deus. É muito fácil hoje você ser um crente de fachada”, observou.

Além do trabalho nas redes sociais, Gesson lançou recentemente o single "Mesmo Assim Me Amou", com participação especial de Thiago Alves. O próximo passo é gravar um clipe da música.

“Eu sempre gostei de inovar e agora eu estou me arriscando na área musical. Eu lancei um single em parceria com um amigo meu. Surgiu de uma brincadeira, mas ficou tão bom que as pessoas começaram a pedir para eu postar nas plataformas digitais”, contou.


Categoria:Exemplo de categoria

Deixe seu Comentário